Doenças do Couro Cabeludo
31/12/1969

Quando pensamos em cuidar de nossa saúde, nos lembramos da saúde do nosso coração, dos nossos olhos, preocupados com doenças graves e que prejudicam muito a nossa saúde. Porém, não nos prestamos a cuidar de questões básicas como a saúde do nosso cabelo. Muitas pessoas sofrem por anos e não identificam que estão com alguma doença no couro cabeludo. E como é importante entender o que se passa em nossa cabeça, pois diversos são os fatores que causam essas doenças, que incomodam e podem ficar mais graves com o decorrer do tempo, e com pequenas ações no nosso cotidiano, podemos resolvê-las sem maiores problemas. Por isso, resolvemos repassar a vocês algumas das doenças capilares e seus sintomas para que você identifique se possui algum, vale lembrar que procurar um médico especializado em caso de sintoma é muito importante, pois a avaliação profissional é necessária para se ter certeza de um tratamento adequado.

Alopécia ou alopecia - é a redução parcial ou total de pêlos ou cabelos em uma determinada área de pele. Ela apresenta várias causas, podendo ter uma evolução progressiva, resolução espontânea ou controlada com tratamento médico. Quando afeta todo os pêlos do corpo, é chamada de alopécia universal. O dicionário Aurélio registra a possibilidade de dupla pronúncia, ou seja, pronúncia facultativa. Alopécia ou Alopecia, ambas paroxítonas, a primeira, paroxítona terminada em ditongo crescente e a segunda, paroxítona terminada em hiato. As causas dessa doença são:

  • Congênita: ligada a fatores hereditários, com ausência total ou parcial desde o nascimento
  • Traumática: que tem origem em contusões ou lesões do couro cabeludo
  • Neurótica: também chamada de tricotilomania, onde o indivíduo "arranca" mechas de cabelos conscientemente ou não.
  • Secundária: que aparece após algum distúrbio interno dos órgãos, doenças, infecções, medicamentos como a quimioterapia.
  • Seborréica: a dermatite seborrêica do couro cabeludo é um distúrbio muito comum, onde pode ser observado escamação, coceira e eritema. Contudo, é uma doença que raramente determina uma redução significativa dos cabelos.
  • Eflúvio: também chamada de deflúvio, é a causa mais comum de perda de cabelos entre as mulheres. Consiste na quebra harmoniosa do ciclo de vida capilar, tendo várias causas. Normalmente, responde bem aos tratamentos médicos.
  • Androgenético: é a causa mais frequente de alopecia entre homens, mas também afeta mulheres. Começa a se manifestar entre a puberdade e vida adulta, tendo vários graus. Como o próprio nome diz, é uma associação de fatores genéticos com o hormônio sexual masculino, a testosterona.
  • Emocional: relacionada especialmente a fatores emocionais, a alopecia areata é caracterizada pela perda rápida, parcial ou total de pêlos em uma ou mais áreas do couro cabeludo ou ainda em áreas como barba, sobrancelhas, púbis, etc. O renascimento dos pêlos pode ocorrer espontaneamente em alguns meses. Em alguns casos a doença progride, podendo atingir todo o couro cabeludo (alopecia total) ou todo o corpo (alopecia universal).
  • Bioquimica: pessoas alérgicas a glutem do trigo e a lactose ou caseina do leite de vaca são os mais propensos a terem calvície. Essa condição de alergia se manifesta em outros sintomas, porém pouco relacionada a isso.

Fica a dica Bio Extratus utilizar a Linha Jaborandi Antiqueda.

Dermatite Seborreica - Popularmente conhecida como caspa, caracteriza-se por uma oleosidade excessiva (seborréia) no couro cabeludo, seguida por inflamação e descamação. A inflamação (irritação) produz uma vermelhidão e sensibilidade no couro cabeludo, enquanto a descamação pode variar de finas escamas (lembrando polvilho) à intensa, formando crostas, muitas vezes aderidas e que ao serem removidas deixam o couro cabeludo ferido. Pode associar-se à alopecia androgenética, acelerando a perda capilar. O stress é um dos mais importantes fatores desencadeantes desse quadro. Outro fator é o aumento do número de fungos usuais (p. Ovale) do couro. Para o tratamento, utilizam-se shampoos anti-inflamatórios, anti-fúngicos, normalizadores da descamação ou tudo isso associado.

Fica a dica Bio Extratus o tratamento com a linha Octol.

Psoríase - Essa doença de pele associada à herança genética, com localização mais freqüente nos joelhos e cotovelos, também pode acometer o couro cabeludo, onde muitas vezes é confundida com a dermatite seborreica. Leva à uma descamação intensa e esbranquiçada, seca e aderente que ultrapassa os limites do couro cabeludo, diferentemente da dermatite seborréica. Melhora com a exposição solar e tratamento adequado. O arsenal inclui xampus à base de alcatrão e ácido salicílico, que tem ação queratolítica (ou seja, afinam a pele), loções de corticoesteróides (anti-inflamatório) de aplicação tópica e infiltrações nos locais mais persistentes das placas. Outras opções terapêuticas para os casos mais graves ou intensos incluem a tomada de comprimidos de acitretina, um derivado da vitamina A e PUVA.

 

Tinha do Couro Cabeludo - Causada por diferentes fungos, que provocam perda de cabelo localizada. Há o surgimento de placas, que podem ficar inflamadas e até infeccionar. O tratamento é simples – basta tomar antibióticos orais –, desde que o problema seja descoberto precocemente. Caso contrário, pode haver perdas permanentes de cabelo, principalmente quando a inflamação é exagerada.

Foliculite queloidiana da nuca - Trata-se de uma infecção crônica dos folículos pilosos. Nos casos mais graves, pode deixar fibroses ou cicatrizes do tipo quelóide. Ocorre mais freqüentemente em homens com tendência a acne.

 

Procure saber mais sobre as doenças do couro cabeludo, sua saúde depende de pequenas atitudes. Abaixo, alguns links que serviram de base para o texto:

http://www.cabelo.med.br/tratamento-capilar/doencas-do-couro-cabeludo

http://pt.wikipedia.org/wiki/Alop%C3%A9cia

http://revistacabeleireiros.com/materia/couro-cabeludo/28

http://www.cabeloperfeito.com.br/produtos/octol

http://www.cabeloperfeito.com.br/produtos/antiqueda



Compartilhe!




Comentários


  Nenhum Comentário



Enive seu comentário

Nome:

E-mail:

Mensagem:

Palavra CHAVE:

rywqi

Palavra CHAVE AQUI:

Penteados 
27/06/2011

Ação Bio Extratus 
19/02/2011

Listar mais galerias